PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


SPO acompanha doentes oncológicos lembrando que é "Tempo de Viver"
2011-03-27
Fonte: Renascença/ POP

A Sociedade Portuguesa de Oncologia pretende garantir aos doentes “um acompanhamento continuado, proactivo”, através de um programa inédito em Portugal que foi cuidadosamente apelidado de “Tempo de Viver”.

Através deste projecto, a Sociedade Portuguesa de Oncologia pode acompanhar mais de perto os doentes oncológicos transmitindo-lhes a eles e aos seus familiares uma sensação de segurança sobre os procedimentos e terapias a adoptar em cada caso, refere o presidente da SPO, Ricardo Luz.

O programa “Tempo de Viver”, criado a partir de uma estreita relação entre hospitais, um laboratório farmacêutico e a Sociedade Portuguesa de Oncologia, assume-se como um projecto de acompanhamento “continuado, proactivo, em relação àquilo que é habitual, que é meramente reactivo”, através de uma equipa multidisciplinar que integra médicos, enfermeiros, psicólogos e fisioterapeutas. 

O IPO em Lisboa, o Hospital de São João no Porto e o Divino Espírito Santo, nos Açores, foram as primeiras unidades hospitalares a receber a iniciativa que será em breve alargada a outros hospitais.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
15 Março
O III Congresso Internacional de Imagem Médica e Radioterapia realiza-se em Castelo Branco, entre...
16 Março
O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro irá organizar, em Coimbra, no dia 16...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.