PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


FROC e Fundação do Gil visitam Casa da Acreditar de Coimbra
2012-03-08
Fonte: press release

A Fundação Rui Osório de Castro (FROC) visitou a Casa da Acreditar de Coimbra no passado dia 06 de março, na sequência da reunião bianual do seu Conselho de Curadores, da qual a Acreditar é membro, tendo convidado a estar presente a Fundação do Gil, que se fez representar pela Administradora Executiva, Margarida Pinto Correia. Nesta breve visita, os presentes tiveram oportunidade para conhecer o espaço, localizado junto ao novo Hospital Pediátrico daquela cidade, e o trabalho a que se dedica esta instituição de solidariedade social.

A Casa da Acreditar, inaugurada em Novembro de 2009, acolhe atualmente, nas suas instalações, 12 famílias de crianças doentes que se encontram em tratamento nas unidades hospitalares de Coimbra durante um período de tempo considerável, a maior parte das quais (50%) sofrem com uma doença oncológica.
Os responsáveis da Acreditar mostraram cada cantinho pensado ao pormenor para garantir todo o conforto e a dignidade que tanto merecem estas famílias que, além da situação delicada emocional e de saúde em que se encontram, muitas não têm capacidade económica para garantir o acompanhamento permanente dos filhos doentes.

Com capacidade para receber em simultâneo 20 unidades familiares, a Casa da Acreditar em Coimbra foi projetada para acolher famílias de todo o país, incluindo dos arquipélagos dos Açores e Madeira e dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), garantiu a responsável da Casa, Paula Andrade.

Durante o período de tempo em que a criança se encontra na Casa, os pais que a acompanham têm no local toda a ajuda da associação, que dá primazia à necessidade de garantir as condições ideais para que estes possam manter as suas rotinas diárias, como manter a limpeza do espaço, fazer as tarefas diárias da casa (lavar a loiça, passar a ferro, cozinhar, etc.), disponibilizando-lhes também espaços de descanso e entretenimento, com acesso a livros, Internet e televisão, onde pais e crianças podem distrair-se e renovar as energias para ultrapassar melhor a fase de tratamentos.

João Bragança, presidente da Acreditar, sublinha que, à exceção do terreno onde está localizada a Casa, cedido pelos Ministérios da Saúde e das Finanças, todo o espaço foi montado graças à iniciativa privada, através de donativos financeiros de empresas nacionais que contribuem anualmente com 10 mil euros/por quarto para manter o funcionamento do local. Como forma de agradecimento por este gesto tão nobre e pelo patrocínio anual, os “padrinhos” têm direito a ter o seu nome na porta de cada quarto, nomeadamente, Câmara Municipal de Coimbra, Associação D. Pedro V, Caixa Geral de Depósitos, Hotel Mirage, Lupa Biológica, Mota Engil, RFM e Tranquilidade.

À semelhança das outras casas que a Acreditar detém em Lisboa e no Funchal, além da projetada para nascer no Porto, a associação trabalha a par com as assistentes sociais e hospitais, responsáveis pela seleção e sinalização das famílias mais carenciadas.

Durante a apresentação do espaço, os responsáveis da Acreditar não quiseram deixar de enaltecer o trabalho extraordinário que é desenvolvido pelos voluntários que trabalham com a Acreditar, na sua maioria mulheres (40%), sobretudo estudantes e reformadas, que diariamente proporcionam momentos de alegria, amizade e carinho aos pais e aos mais pequeninos.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31
 
 
 
02 Setembro
No dia 2 de Setembro, os Barnabés do Núcleo Norte da Acreditar promovem um Sunset Solidário.  
22 Setembro
A 22 de setembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) irá organizar um evento onde a realidade...
28 Setembro
Nos dias 28 e 29 de setembro acontecerá o Congresso Multiprofissional – Hospital de Dona Estefânia...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.