PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Novos medicamentos oncológicos geram mais problemas na pele
2011-12-28
Fonte: Reuters

Novos fármacos que têm surgido no mercado para combater o cancro podem provocar efeitos secundários adversos na pele dos doentes, como erupções cutâneas dolorosas e outros efeitos colaterais na derme. 

Um médico do Centro Oncológico Memorial Sloan-Kettering, nos Estados Unidos, sublinha que os efeitos secundários dos novos fármacos oncológicos, sobretudo na pele, incluindo irritação na pele e pele seca, são condições desconhecidas por muitos doentes, os quais são geralmente alertados para problemas mais comuns, como perda de cabelo, náuseas e diarreia.

Um relatório publicado na revista Archives of Dermatology explica, no entanto, que mais de 50% dos doentes oncológicos experienciam efeitos secundários que afetam o cabelo, pele e unhas, sobretudo com a administração de medicamentos mais recentes, e salientam que a origem deste problema reside no facto das substâncias, além de combaterem as células cancerígenas, também atacarem as proteínas na pele.



Texto escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.