PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Dopamina aumenta eficácia de tratamentos oncológicos
2011-12-21
Fonte: Science Daily

Um neurotransmissor pode aumentar as potencialidades dos tratamentos oncológicos e melhorar a resposta terapêutica, impulsionando a ação dos fármacos utilizados na radioterapia e quimioterapia, segundo conclusões apuradas em testes com cobaias de laboratório geneticamente modificadas para terem cancro.

Um artigo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) indica que o recurso ao neurotransmissor dopamina nos tratamentos de combate ao cancro pode potenciar a ação de medicamentos oncológicos, melhorando o combate às células tumorais.

Pesquisadores no Centro Oncológico da Universidade Estadual do Ohio, nos Estados Unidos, injetaram em cobaias de laboratório soluções com dopamina e concluíram que o neurotransmissor aumentou a concentração dos fármacos oncológicos no interior do tumor, bem como o fluxo de sangue, elevando os níveis de oxigénio nas massas tumorais, o que permite uma maior eficácia dos tratamentos na destruição das células malignas.  


Texto escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.