PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Cientistas podem prever resposta a quimioterapia em crianças
2011-10-30
Fonte: Journal of Clinical Oncology

Pesquisadores da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, avaliaram um grupo de crianças com leucemia linfoblástica aguda (LLA), tipo de cancro que afecta o sangue, a fim de identificar determinadas características que possam permitir antever a resposta a tratamentos de quimioterapia.

O Grupo de Oncologia Pediátrica avaliou registos de 1.535 crianças diagnosticadas com leucemia linfoblástica aguda entre 1986 e 1990, tendo em conta factores como a idade, contagem de glóbulos brancos, de células de leucemia e de células normais, sexo, entre outros.

Recorrendo a uma nova técnica de avaliação, os cientistas concluíram que é possível prever a resposta às terapias mediante uma análise deste tipo de dados, que são relativamente simples de obter, identificando os doentes que apresentam um risco muito reduzido de não responderem positivamente aos tratamentos.

Num artigo publicado no Journal of Clinical Oncology, os especialistas norte-americanos explicam que a intenção principal do estudo é impedir o recurso a terapias mais tóxicas e intensivas para o organismo, através de uma interpretação prévia de características clínicas e biológicas das crianças.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
 
 
 
 
25 Janeiro
A próxima reunião científica do Centro de Investigação em Meio Ambiente, Genética e Oncobiologia...
21 Fevereiro
No dia 21 de fevereiro, o Auditório Biblioteca Orlando Ribeiro, em Lisboa, recebe o Fórum Cancro...
22 Fevereiro
O Fórum Cancro Pediátrico 2018 realiza-se no dia 21 de fevereiro, em Lisboa. A iniciativa é...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.