PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Menina diagnosticada com cancro cerebral espera salvar outras crianças doando o seu tecido tumoral único
2018-10-10
Fonte: ABC News

Bella Nevins era uma menina como tantas outras, que usufruía da sua infância na Flórida, Estados Unidos.

"Tínhamos uma vida perfeitamente normal", relembra a sua mãe, Patti Haines. "Eu levava-a para a escola, depois para as atividades escolares e de seguida vínhamos para casa, tal como todas as outras famílias."

Mas, um dia a menina de 12 anos começou a sentir tonturas. 

Após 6 meses de testes, uma ressonância magnética deu, finalmente, a resposta: Bella sofria de medulobastoma, um tumor cerebral comum em crianças.

Cerca de 12 horas após o diagnóstico, a rapariga foi logo submetida a uma cirurgia. 

"Tentámos ser o mais fortes possível, mas não foi fácil. A Bella é o meu bebé, e esta situação foi muito dolorosa”, disse, entre lágrimas, Patti. 

Após a cirurgia, surgiram as primeiras boas notícias: os médicos tinham conseguido remover o tumor. Mas Bella ainda precisava de enfrentar uma longa jornada de quimioterapia e radioterapia. 

"Sem qualquer tratamento adicional, a taxa de recidiva é extremamente alta, quase de 100%", explicou a Dr.Stacie Stapleton, diretora de neuro-oncologia pediátrica do Johns Hopkins All Children's Hospital.

"Ainda assim, a radiação pode ser extremamente prejudicial para o cérebro, especialmente em crianças", disse ela.

Mas foi então que a equipa médica fez uma descoberta surpreendente: Bella tinha uma mutação única, que a tornou uma candidata a um teste clínico sem radiação.

Com esta descoberta, o prognóstico melhorou consideravelmente, dando a Bella uma segunda chance na vida.

"Tudo acontece por um motivo", disse a menina, que acredita que a sorte que teve pode fazer a diferença para outras crianças. Por esse motivo, a família decidiu doar o seu tecido cerebral.

"A Bella é uma inspiração", disse a Dr. Stapleton.

Com esta doação, os cientistas do Hospital Johns Hopkins poderão estudar o tumor, na esperança de encontrar uma chave para curar este tipo de cancro. 

Praticamente recuperada, Bella voltou a ser “apenas uma criança”. Mas espera que a sua história inspire e ajude outras crianças. 

Um conselho desta menina especial para outras crianças que passam e passaram pelo mesmo que ela? "Nunca desistam".

 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
 
 
 
 
24 Outubro
Entre os dias 24 e 26 de outubro realiza-se, Centro de Congressos do Estoril, o 19.º...
25 Outubro
Entre os dias 25 e 27 de outubro, a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos e o IPO do...
16 Novembro
Entre os dias 16 e 19 de novembro, realiza em Quioto, no Japão, o 50.º Congresso da Sociedade...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.