PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Mãe de Bradley Lowery feliz com possível aprovação de fármaco para neuroblastoma
2018-07-13
Fonte: ITV

Gemma Lowery, mãe de Bradley Lowery, um menino que faleceu com cancro e que emocionou o mundo, acredita que a aprovação do dinutuximab beta é “grande passo em frente" no tratamento do cancro. 

O medicamento foi recomendado para uso pelo National Institute for Health and Care Excellence (NICE na sigla em inglês), para o tratamento de pacientes com neuroblastoma de alto risco, um tipo raro de cancro que afeta principalmente crianças e jovens; de acordo com algumas pesquisas, este fármaco pode aumentar a sobrevida dos pacientes. 

Embora haja “incerteza em torno do benefício clínico a longo prazo”, o NICE acredita que o seu “potencial ganho de sobrevivência é substancial”.

Esta notícia deixou a mãe de Bradley “radiante”. 

“Este é um enorme passo em frente no mundo do neuroblastoma e tira uma grande quantidade de stress às famílias cujos filhos estão a lutar contra a doença. Eu sei, por experiência própria, que esse fármaco traz um enorme benefício para as crianças que têm neuroblastoma. O Bradley ficou, temporariamente, sem cancro depois de ter começado a fazer testes clínicos e a utilizar o dinutuximab beta como parte do seu tratamento”. 

O menino, que criou uma ligação muito especial com o futebolista Jermaine Defoe, acabou por falecer em julho passado, aos 6 anos de idade, após ser diagnosticado com neuroblastoma quando tinha 18 meses de idade.

"Disponibilizá-lo no Instituto Nacional de Saúde britânico para crianças com neuroblastoma de alto risco será um grande alívio para os pais e uma grande fonte de esperança", disse a mãe do menino. 

O dinutuximab beta será disponibilizado pelo Instituto Nacional de Saúde britânico a pacientes com idade igual ou superior a 12 meses, cuja doença tenha respondido, pelo menos parcialmente, à quimioterapia de primeiro estágio, seguido de terapia mieloablativa e transplante de células estaminais; os pacientes só serão elegíveis se ainda não tiverem recebido imunoterapia anti-GD2.

Segundo o diretor do NICE, que agradeceu à EUSA Pharma pelo acordo que conseguiu baixar o custo de venda do medicamento, esta aprovação representa uma “importante opção de tratamento para crianças e jovens com neuroblastoma de alto risco”.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
 
 
 
 
24 Outubro
Entre os dias 24 e 26 de outubro realiza-se, Centro de Congressos do Estoril, o 19.º...
25 Outubro
Entre os dias 25 e 27 de outubro, a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos e o IPO do...
16 Novembro
Entre os dias 16 e 19 de novembro, realiza em Quioto, no Japão, o 50.º Congresso da Sociedade...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.