PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Sinais de envelhecimento precoce mais prováveis em sobreviventes de cancro infantil
2018-04-16
Fonte: Eurekalert

Uma nova investigação sugere maior prevalência de fragilidade, pré-fragilidade e comorbidades, como depressão e ansiedade, que podem indicar envelhecimento acelerado em adolescentes e jovens adultos sobreviventes de cancro. 

Fatores de estilo de vida, incluindo tabagismo e obesidade, contribuíram para um maior risco de envelhecimento precoce, assim como o atraso no atendimento devido à falta de seguro de saúde, de acordo com o estudo publicado no Journal of Adolescent and Young Adult Oncology.

O estudo foi realizado em parceria pelo Lineberger Comprehensive Cancer Center e a Universidade da Carolina do Norte, ambos nos Estados Unidos. 

Intitulada "Fragilidades e comorbidades entre sobreviventes adolescentes de cancro”, a investigação determinou a prevalência de distúrbios específicos e de fragilidades, definida como capacidade fisiológica reduzida e capacidade reduzida de responder ao stress, entre um grupo de sobreviventes de cancro inicialmente diagnosticados quando tinham entre 15 e 39 anos de idade. 
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.