PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Gémea sente sintomas antes de irmã com cancro ser diagnosticada
2018-03-27
Fonte: PT Jornal

Um caso insólito, só agora tornado publico, está a deixar a comunidade científica confusa. 

A história começa quando Megan Walker, uma menina escocesa de 11 anos, mostrou sentir vários sintomas de um cancro. De um momento para o outro, Megan perdeu muito peso e começou a queixar-se de falta de energia. Quando os pais a levaram ao médico, nada foi detetado.  

Após uns meses, a irmã gémea de Megan, Sophie Walker, vomitou uma substância estranha. Os progenitores encaminharam Sophie de imediato para o hospital, onde lhe foi diagnosticado um tumor de Wilms no rim esquerdo. 

“Nós estávamos preocupados com a Megan, porque estava branca como um fantasma, nada habitual nela. Só que fez imensos exames e os médicos garantiam que não havia nada de errado com ela”, disseram os pais; mas nada faria “prever que a Sophie estava doente”, continuaram. 

Os médicos não conseguem explicar como, ou porquê, Megan mostrou sintomas de uma doença que era a irmã Sophie que tinha. A não ser pelo facto de as duas meninas serem gémeas. 

“Os médicos pensam que a Megan estava a apresentar os sintomas da Sophie antes sequer de sabermos que a Sophie estava doente”, disse a mãe das duas meninas.

Atualmente, Sophie encontra-se a fazer quimioterapia, mas os médicos acreditam que em junho a menina poderá parar de fazer tratamentos. 
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31
 
 
21 Setembro
Nos dias 21 e 22 de setembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro organiza, em Lisboa, o I Congresso...
03 Outubro
Entre os dias 3 e 5 de outubro, realiza-se em Foz do Iguaçu, no Brasil, o XVI Congresso Brasileiro...
16 Novembro
Entre os dias 16 e 19 de novembro, realiza em Quioto, no Japão, o 50.º Congresso da Sociedade...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.