PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Edição genética encontra alvo para tratamento de leucemia
2018-03-19
Fonte: G1 Globo

Um grupo de investigadores do Laboratório Cold Spring Harbor, nos Estados Unidos, utilizou uma técnica conhecida como Crispr e descobriu uma proteína que pode controlar alguns tipos agressivos de leucemia. 

Uma das metas desta técnica genética é a de tratar o cancro; com o Crispr, os investigadores podem "recortar" e mudar tudo o que desejam dentro do código genético, responsável pelas características e doenças hereditárias, de forma precisa.

Foi através desta técnica que os especialistas descobriram a MEF2F, uma proteína que faz parte de uma classe conhecida por ser dificilmente manipulável com o uso de medicamentos. Esta proteína é responsável por 15% dos casos de leucemia mieloide aguda, um tipo de leucemia que progride de forma rápida e com alto índice de mortalidade.

Segundo um artigo publicado na Science, foi possível parar o crescimento das células deste tipo de cancro dirigidas pela MEF2F. A descoberta faz parte de um processo que começou em 2013; os investigadores usaram a edição genética para rastrear genes que tinham algum impacto na sobrevivência de células cancerígenas. 

"Nós deixamos que as células cancerígenas nos digam quais os tipos de genes que elas precisavam para crescer", explicaram os investigadores. 

Ao terem identificado esta proteína, os especialistas acreditam que será possível desenvolver novos medicamentos contra a doença. 
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31
 
 
 
26 Maio
No próximo dia 26 de maio, a Associação Portuguesa de Neurofibromatose (APNF) irá promover o 15º...
27 Maio
No próximo dia 27 de maio, a Liga Portuguesa Contra o Cancro quer bater o record do Guiness com a...
01 Junho
Está agendada para dias 1 e 2 de junho de 2018 a 11.ª Reunião Anual da Associação de Enfermagem...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.