PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Youtuber brasileira faz vídeos onde fala da sua luta contra um cancro cerebral
2018-01-18
Fonte: G1 Globo

Com apenas 13 anos, a brasileira Lorena Reginato tem comovido o mundo com a sua história de superação. 

A menina, que ficou famosa com o canal do Youtube “Careca TV”, foi diagnosticada com um cancro cerebral quando tinha 11 anos. A partir desse momento, Lorena começou a fazer vídeos para a internet onde explicava a sua luta contra o cancro. 

Logo no primeiro vídeo, Lorena, que já se encontra em remissão, alcançou mais de um milhão de seguidores. O sucesso foi de tal ordem, que a menina foi alvo de hackers que retiraram os seus vídeos da internet, mas nem assim Lorena desistiu, e hoje conta com quase 1,8 milhões de pessoas inscritas no seu canal.

Desde o inicio que a luta de Lorena contra o cancro é acompanhada pelos seus seguidores; nos vários vídeos que já fez, a menina fala sobre os seus tratamentos, a cura e as dificuldades que teve de ultrapassar. 

A sua história serve de inspiração a muitos meninos e meninas que passam pelo mesmo, e não só; uma das suas maiores seguidoras é a jovem Evelyn que, ao ver os vídeos de Lorena, decidiu deixar crescer o cabelo para o poder doar e já decidiu que, quando puder, será doadora de medula. “O incentivo que a Lorena dá é muito importante; ela é uma lutadora, um exemplo até para nós adultos que muitas vezes não temos a força que ela tem”, disse a mãe de Evelyn. 

Recuperada, Lorena afirmou que fica “muito feliz em saber que posso ajudar pessoas com a minha história de vida”.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.