PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Sobrevivente de cancro infantil torna-se enfermeira de oncologia pediátrica
2018-01-17
Fonte: Winchester Local

Quando Kelley Barnard, uma jogadora de futebol no Liceu de Winchester High School, nos Estados Unidos, foi atingida com a bola no estômago, sentiu que algo não estava bem. 

A sua recuperação não foi como as de outras lesões; “isso não é apenas uma lesão de futebol", pensou a mãe da jovem, na altura com 15 anos. A partir desse momento, Kelley começou a fazer inúmeras visitas a pediatras, até que os exames de sangue trouxeram as piores notícias: a jovem tinha sido diagnosticada com uma leucemia. 

Durante dois difíceis anos, Kelley entregou a sua vida aos profissionais de saúde do Boston Children’s Hospital, tendo sido submetida a tratamentos de quimioterapia que a deixaram esgotada. 

Durante o processo, longo e debilitante para a jovem, Kelley teve de ser sujeita a quatro cirurgias reconstrutivas nos ossos, devido ao seu consequente amolecimento; “os meus ombros e os meus cotovelos são de titânio”, confessou Kelley.

Um dos grandes confortos da jovem, hoje com 25 anos, foram as enfermeiras; durante os tratamentos, Kelley relembra que foi a dedicação dos profissionais de saúde que a fizeram não perder forças. 

“Quando entramos num hospital, esquecemo-nos que existe um mundo lá fora, mas as enfermeiras fizeram-me esquecer que eu estava confinada a quatro paredes”, confessa.

A partir dessa altura, Kelley soube o que queria fazer quando ultrapassasse a doença. 

Quando regressou aos estudos, a jovem estava determinada a tornar-se uma enfermeira e a salvar vidas de crianças doentes, tal como as suas enfermeiras tinham feito consigo; uma delas chegou a escrever uma carta de recomendação para a sua ingressão na universidade. 

Já curada e licenciada, a jovem trabalha agora no mesmo hospital onde se curou. “Agora faço parte do sistema de suporte dos familiares e das crianças, é esse um dos meus papéis, o de estar sempre presente na vida destas pessoas”, disse Kelley. 

Para além de trabalhar como enfermeira, Kelley tornou-se também numa ativista pela cura do cancro infantil, organizando e participando em várias ações de angariação de fundos para a pesquisa sobre a doença. 

 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
 
 
 
 
24 Outubro
Entre os dias 24 e 26 de outubro realiza-se, Centro de Congressos do Estoril, o 19.º...
25 Outubro
Entre os dias 25 e 27 de outubro, a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos e o IPO do...
16 Novembro
Entre os dias 16 e 19 de novembro, realiza em Quioto, no Japão, o 50.º Congresso da Sociedade...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.