PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Investigação na área do cancro infantil só representa 7% da pesquisa pediátrica
2017-10-27
Fonte: Lusa

Um relatório entregue esta quinta-feira, 26 de outubro, pela Comissão Europeia (CE) no Parlamento Europeu e no Conselho da Europa, revela que a investigação na área do cancro pediátrico só representa sete por cento da pesquisa na área da pediatria.  

O documento destaca, contudo, que o regulamento pediátrico de medicamentos, aprovado há dez anos, conduziu à autorização de 260 novos fármacos e promoveu a investigação nesta área.

Nos últimos dez anos, registaram-se “progressos significativos” no desenvolvimento de medicamentos para crianças, os quais não teriam acontecido sem uma legislação europeia específica nesta área, destaca o documento.

O regulamento permitiu, nomeadamente, a autorização de 260 novos medicamentos. Contudo, os fármacos contra o cancro nas crianças ainda só representam sete por cento dos planos de investigação pediátricos.

Em 2017, o número de planos de investigação pediátrica aprovados superou os mil, 131 dos quais estavam completos no final de 2016.

A área com maior número de planos concluídos é a imunologia/reumatologia (14 por cento), seguidas de doenças infeciosas (14 por cento), do foro cardiovascular (10 por cento) e vacinas (10 por cento).
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.