PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Dermatologistas alertam para perigosidade dos raios UV em crianças
2017-09-11
Fonte: Boa Saúde

De acordo com um dermatologista brasileiro, a exposição aos raios ultravioletas (UV) é mais prejudicial para as crianças.

Para o médico Victor Peixoto, embora as crianças tenham o mesmo número de camadas de pele que um adulto, a das crianças “possui apenas um quinto da espessura da pele dos adultos”.

Tendo em conta que 80% da exposição solar ocorre até aos 20 anos, o dermatologista alerta para a necessidade da prevenção nas fases da infância e da adolescência. Por exemplo, durante os seis primeiros meses de vida, os bebés não devem utilizar protetor solar, pois as substâncias químicas podem ser absorvidas pela pele; para o médico, o ideal será “evitar a superexposição aos raios solares e utilizar roupas adequadas, com proteção UV”.

Durante a infância, as recomendações são de que as crianças se exponham ao sol até as 10h00 da manhã e após as 16h00 da tarde, horários em que os raios solares são menos intensos e prejudiciais à saúde da pele; contudo, mesmo nesses horários é necessário cuidado, como a proteção com filtro solar ou o uso de roupas com tecnologias que bloqueiem os raios UV.

A ingestão de água é igualmente importante, pois durante a exposição, e mesmo após esta, é necessário evitar a desidratação.

Apesar dos cuidados a ter, o médico é peremtório ao afirmar que a exposição ao sol é extremamente saudável para todos, inclusive para as crianças.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31
 
 
21 Setembro
Nos dias 21 e 22 de setembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro organiza, em Lisboa, o I Congresso...
03 Outubro
Entre os dias 3 e 5 de outubro, realiza-se em Foz do Iguaçu, no Brasil, o XVI Congresso Brasileiro...
16 Novembro
Entre os dias 16 e 19 de novembro, realiza em Quioto, no Japão, o 50.º Congresso da Sociedade...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.