PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Fármaco para cancro infantil da Novartis vai ser revisto pela FDA
2017-07-12
Fonte: Reuters

Há duas décadas atrás, nos Estados Unidos, um laboratório hospitalar dirigido pelo cientista oncológico Dario Campana estava à procura de uma forma de combater a leucemia linfoblástica aguda mortal (ALL).

A investigação examinou várias moléculas até que descobriu uma, a 4-1BB, que parecia estimular o sistema imunológico humano a atacar esta forma de cancro do sangue de forma mais agressiva do que os outros.

Agora, passados 20 anos desde o início da investigação, a equipa, que hoje opera pela farmacêutica Novartis, irá mostrar a sua molécula ao regulador de saúde norte-americano (FDA), para que este possa comprovar a segurança e eficácia do tratamento, agora apelidado de CTL019.

O 4-1BB é o ingrediente-chave da terapia da farmacêutica suíça que envolve células T extraídas de pacientes, geneticamente modificadas, que são desencadeadas para matar células de leucemia que crescem fora de controlo.

Das 68 crianças doentes que iniciaram o estudo infantil da Novartis há 17 meses atrás, e que já haviam sido sujeitas a tratamentos anteriores, 57 estão vivas.

A terapia de recetor de antigénio quimérico desenvolvida pela Novartis, chamada de CAR-T, está preparada para se tornar na primeira a garantir a aprovação da FDA.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31
 
 
 
 
 
21 Setembro
Nos dias 21 e 22 de setembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro organiza, em Lisboa, o I Congresso...
03 Outubro
Entre os dias 3 e 5 de outubro, realiza-se em Foz do Iguaçu, no Brasil, o XVI Congresso Brasileiro...
12 Novembro
Nos dias 12 e 13 de novembro, realiza-se, em Lisboa, o Congresso Mundial de Oncologia Pediátrica e...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.