PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Doentes com linfoma e diversidade de células T têm maior probabilidade de sobrevivência
2017-04-18
Fonte: Medical Xpress

Um estudo realizado na Austrália concluiu que os pacientes diagnosticados com linfoma não-hodgkin que apresentam maior variedade de células T têm maior probabilidade de sobrevivência. 

A pesquisa realizada na Universidade de Queensland avaliou 92 pacientes e foi a primeira a obter um código para cada uma das 2 500 ou mais células T de biópsias de um grande grupo de pacientes com  grande linfoma difuso de células B.

As descobertas obtidas sugerem que a composição de células T para tipos de tumores específicos deve ser tida em conta no desenvolvimento de futuras terapias de imunoterapia.

A equipa defende que os resultados deste estudo podem abrir caminho ao desenvolvimento de imunoterapias personalizadas para pacientes que não respondem aos atuais tratamentos.

Os cientistas procuram agora tentar descobrir quais os tipos de células T associadas a melhores resultados para pacientes com linfoma, na esperança de que estas possam ser produzidas em laboratório, a fim de melhorar as taxas de sobrevivência. 
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
19 Janeiro
O 18.º Seminário do Centro de Desenvolvimento da Criança realiza-se nos dias 19 e 20 de janeiro, em...
25 Janeiro
A próxima reunião científica do Centro de Investigação em Meio Ambiente, Genética e Oncobiologia...
11 Abril
O 8.º Congresso Europeu de Cancro da Cabeça e Pescoço (8th European Congress on Head and Neck...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.