PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Hospitais brasileiros recorrem mais a tratamento de quimioterapia aquecida
2011-08-24
Fonte: Jornal Floripa

O Centro de Oncologia do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no Brasil, tem apostado em larga escala no tratamento com quimioterapia aquecida em doentes com cancro que realizaram cirurgias de remoção de tumores.

A tendência observada no Brasil é de uma maior oferta neste tipo de tratamento de quimioterapia aquecida, após o paciente ser sujeito a cirurgia de remoção de vários tipos de cancro, nos três hospitais onde a técnica já é aplicada, sendo estes o Icesp, o Hospital Sírio-Libanês e o Hospital A. C. Camargo.

Apesar dos riscos associados a este tratamento, que é mais agressivo, demorado e com elevados riscos de complicações, e que apenas se torna opção em casos muito específicos, a cirurgia seguida de quimioterapia hipertérmica destaca-se pela maior taxa de sobrevivência associada.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
 
 
 
 
25 Janeiro
A próxima reunião científica do Centro de Investigação em Meio Ambiente, Genética e Oncobiologia...
21 Fevereiro
No dia 21 de fevereiro, o Auditório Biblioteca Orlando Ribeiro, em Lisboa, recebe o Fórum Cancro...
22 Fevereiro
O Fórum Cancro Pediátrico 2018 realiza-se no dia 21 de fevereiro, em Lisboa. A iniciativa é...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.