PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Biossimilares indispensáveis no combate ao cancro
2017-01-24
Fonte: press release

A Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO, na sigla em inglês) defende que os biossimilares são “armas indispensáveis” no tratamento do cancro “em sistemas de saúde que se pretendem financeiramente sustentáveis”.

A garantia foi dada por especialistas da ESMO numa nota publicada no portal oficial da sociedade. O documento refere que este tipo de fármacos são “uma excelente oportunidade para ter boas e válidas opções de medicamentos que melhorem a sustentabilidade e a acessibilidade do tratamento do cancro em vários países”.

Os biossimilares são provenientes de organismos vivos semelhantes a outro medicamento biológico que já tenha sido autorizado a entrar no mercado (o chamado medicamento de referência).

Distintos dos genéricos, os biossimilares exigem estudos clínicos para garantir que o processo de fabrico é correto.

Josep Tabernero, presidente do grupo de trabalho dos medicamentos da ESMO, refere que é necessário garantir que o processo de fabrico segue os procedimentos exigidos pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

Na Europa, as reduções de preços dos biossimilares deverão variar entre 20% e 40%, prevendo-se poupanças de 50 a 100 mil milhões de euros até 2020 com o uso destes medicamentos.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
13 Dezembro
No dia 13 de dezembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) organiza a Conferência “Tabagismo e...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.