PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Merck e Centro de Cancro MD Anderson formam aliança estratégica de combate ao cancro
2017-01-23
Fonte: Merck

A farmacêutica Merck e o Centro de Cancro MD Anderson da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, anunciaram uma colaboração estratégica de três anos, que terá por objetivo avançar mais rapidamente no desenvolvimento de terapias oncológicas atualmente em investigação. 

A colaboração tem como alvo a criação de terapêuticas destinadas a combater quatro tipos de cancros – glioblastomas, leucemia, mama e cancro colorretal.

Belén Garijo, CEO da Merck, explica que "esta colaboração ilustra o nosso compromisso de entregar valor significativo aos pacientes, progredindo rapidamente no nosso pipeline de imuno-oncologia, com foco na identificação de biomarcadores inovadores, juntamente com o nosso parceiro, o prestigiado Centro de Cancro MD Anderson".

A EMD Serono, uma biofarmacêutica da Merck nos Estados Unidos e no Canadá, será a primeira empresa a ter acesso à Plataforma Adaptativa de Aprendizagem Longitudinal Orientada para o Paciente (APOLLO), uma plataforma de pesquisa do Centro de Cancro MD Anderson que padroniza todos os dados de pacientes a longo prazo, desde o seu historial clínico a amostras de tecido, a fim de compreender melhor a biologia do cancro e acelerar a investigação orientada para o paciente.

A colaboração abrangerá tanto a pesquisa pré-clínica focada em biomarcadores quanto os ensaios clínicos em tipos de tumores específicos visando identificar biomarcadores de resposta e resistência e desenvolver uma melhor compreensão da biologia da doença.

A colaboração aumentará o valor da futura linha de oncologia/imuno-oncologia da Merck, tendo como objetivo avançar com múltiplos estudos de registo em novas indicações nos próximos dois a três anos. 

Os dados do APOLLO serão usados para combinar um número de compostos de investigação para determinados tipos de tumor e desenvolver estudos clínicos e pré-clínicos de forma colaborativa conduzidos por biomarcadores no Centro de Cancro MD Anderson, avaliando o seu potencial efeito terapêutico em regimes de monoterapia ou em combinação.

O APOLLO foi desenvolvido pelo Centro de Cancro MD Anderson como parte do seu Programa Moon Shots, um ambicioso esforço para reduzir as mortes por cancro, desenvolvendo e implementando rápidos avanços na prevenção, deteção precoce e tratamento baseado em descobertas científicas.
 


voltar
STQQSSD
 
 
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30
 
 
 
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.