PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


SPO apresenta três compromissos de implementação urgente na oncologia
2016-11-24
Fonte: press release

Mais de 450 profissionais de saúde reuniram-se na Figueira da Foz recentemente para debater o futuro da oncologia em Portugal, no Simpósio Nacional 2016 da Sociedade Portuguesa de Oncologia (SPO).

No evento foram apresentados, pela primeira vez, à comunidade médica, “Os Compromissos para a Oncologia”, um documento que reúne três áreas prioritárias, com medidas concretas e de urgente implementação.

As medidas podem ser apresentadas e discutidas com a tutela no início de 2017. O Registo Oncológico Nacional (RON), o acesso a cuidados de qualidade e a equidade no acesso à inovação são os três compromissos defendidos pela SPO.

“Esta proposta materializa-se em três objetivos que definimos como compromissos, porque é urgente que aqueles que têm responsabilidades políticas, governativas e de regulamentação se comprometam a desenhar, em conjunto com a SPO, um novo mapa do cancro em Portugal. Só com uma discussão alargada e com envolvimento da sociedade civil conseguiremos mudar a realidade da oncologia no nosso país”, afirma Gabriela Sousa, presidente da SPO.

“A oncologia é uma área prioritária e o que temos vindo a assistir é à definição e implementação de medidas avulsas para essa prioridade. É importante começar a operacionalizar, de forma objetiva, algumas medidas, e isso levou a direção da SPO a tomar algumas decisões e traçar um plano operacional para melhorar a qualidade da oncologia em Portugal”, conclui a responsável.

O primeiro compromisso passa pela sensibilização das instituições para a implementação do registo de âmbito nacional, devendo, cada instituição, ser responsável pela introdução dos dados com uma equipa para o efeito, e pela inclusão de ferramentas clínicas para avaliação de outcomes.

De acordo com o documento, “cada instituição deve conhecer os seus dados relativamente à caracterização da população dos doentes que trata e respetivos outcomes”.

A implementação destas medidas deve ocorrer já em 2017 e a responsabilidade é atribuída à Coordenação do Plano Nacional para as Doenças Oncológicas e à própria SPO.

No segundo compromisso, apresenta-se como objetivo o estabelecimento de critérios de qualidade assistencial até ao final do primeiro trimestre de 2017 para as cinco patologias major - mama, próstata, cólon e reto, estômago e pulmão -, com possibilidade de monitorização, avaliação e auditoria. 

A medida será da responsabilidade dos Colégios das Especialidades da Ordem dos Médicos (Cirurgia Geral, Radioncologia, Oncologia, Anatomia Patológica e Imagiologia), Direção-Geral da Saúde (DGS) e SPO.

No terceiro e último compromisso, os especialistas defendem que o financiamento de tecnologias de saúde (fármacos, meios de diagnóstico, ou novas técnicas terapêuticas) deve acompanhar o caráter prioritário dado à oncologia em Portugal.

Este deve também ser revisto periodicamente de acordo com as indicações terapêuticas e o volume de doentes a tratar. 

Estabelece como meta a “agilização da avaliação fármaco-económica num período máximo de seis meses, com possibilidade de tratamento de todos os doentes que cumprem os critérios pré-definidos, já a partir de 2017.

Após a AIM, o acesso deve ser possível, devendo a empresa detentora de autorização de comercialização devolver a diferença de preço após acordo de comparticipação, uma medida a ser discutida com a Autoridade nacional do Medicamento (Infarmed) e com responsabilidade da SPO.

O documento de compromissos na área da oncologia foi apresentado na sessão “Cobertura e organização dos cuidados oncológicos em Portugal”, no Simpósio Nacional da SPO.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31
 
 
 
 
 
21 Outubro
No dia 21 de Outubro, a Make-A-Wish organiza a 5ª Edição do Cycle-A-Wish by Night. As...
25 Outubro
Entre os dias 25 e 27 de outubro, a cidade do Porto irá acolher o 18.º Congresso Nacional de...
26 Outubro
De 26 a 29 de outubro, decorre o 14º Congresso Nacional de Oncologia, sob o tema “Oncologia na Era...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.