PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Rastreios ao cancro são desconhecidos da maioria dos jovens portugueses
2016-11-21
Fonte: press release

Um estudo recente da Sociedade Portuguesa de Oncologia (SPO) conclui que a maioria dos jovens com idades entre os 15 e os 30 anos desconhece a existência de rastreios contra o cancro.

A SPO sublinha que os dados obtidos apontam para uma realidade "preocupante" dado que, além do rastreio ao cancro da mama, conhecido por 77% da população inquirida, outros rastreios são pouco conhecidos, como o do colo do útero (34%) e cancro da próstata (32%).

O inquérito foi promovido pela SPO no âmbito do seu simpósio nacional que teve lugar na Figueira da Foz, dedicado ao tema "Reflexões para o Futuro" e revela que a colonoscopia, que é usada no rastreio do cancro colorretal, só era conhecida por 12% dos jovens inquiridos.

Quanto à perceção sobre a doença, "a maioria dos jovens portugueses define corretamente o cancro (75%) e 93% não consideram que o diagnóstico de cancro seja sempre uma sentença de morte, enquanto 69% acreditam que o cancro pode ser prevenido", indica o estudo.

Gabriela Sousa, presidente da SPO, considera que "a falta de conhecimento sobre rastreios é preocupante, uma vez que estes são fundamentais para detetar precocemente o cancro, ainda antes do aparecimento dos primeiros sintomas".

A grande maioria dos jovens portugueses (81%) considera ainda que o cancro tem cura. "Sabemos que quanto mais cedo a doença for diagnosticada, maiores são as probabilidades de cura. Os programas de rastreio organizado não têm ainda uma cobertura nacional de 100%, mas é importante que os jovens de hoje, adultos de amanhã, reconheçam aqueles que existem, para potenciar a adesão", refere Gabriela Sousa. 

O inquérito foi realizado a 254 jovens com idades entre os 15 e os 30 anos, residentes em Portugal continental.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
 
 
 
 
19 Janeiro
O 18.º Seminário do Centro de Desenvolvimento da Criança realiza-se nos dias 19 e 20 de janeiro, em...
25 Janeiro
A próxima reunião científica do Centro de Investigação em Meio Ambiente, Genética e Oncobiologia...
21 Fevereiro
No dia 21 de fevereiro, o Auditório Biblioteca Orlando Ribeiro, em Lisboa, recebe o Fórum Cancro...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.