PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Algumas escolas ignoram regras sobre venda de alimentos prejudiciais à saúde
2016-09-08
Fonte: Diário de Notícias

Algumas escolas do país continuam a ignorar as regras específicas publicadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) para a alimentação nos estabelecimentos escolares em 2012.

Segundo refere o Diário de Notícias, 4 anos após a publicação daquelas regras, ainda há instituições de ensino que disponibilizam, por exemplo, bebidas açucaradas, que podem ser equiparadas a refrigerantes (categoria que inclui ice tea, bebidas aromatizadas e com gás) e outros alimentos pouco saudáveis, como bolachas recheadas, nas máquinas de venda automática.

Um estudo realizado em 2015 pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, que avaliou quase 20 escolas do concelho, concluiu que 80% das escolas ainda estavam a oferecer produtos que não deviam estar disponíveis e apenas metade tinham fruta à disposição das crianças. 

Filinto Lima, presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos de Escolas Públicas (ANDAEP), disse que "ainda se veem alimentos e bebidas que não devem ser comercializados em algumas escolas públicas portuguesas, mas é cada vez menos usual”.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.