PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Ano letivo só agora irá começar para grupo de crianças em tratamento contra cancro
2016-02-26
Fonte: jornal i

Um grupo de cerca de dez crianças em tratamento contra o cancro, e que não podem ir à escola, a maioria das quais do norte do país, só agora irá poder frequentar as aulas, cinco meses depois do início do ano letivo.

Dado o seu estado de saúde, estas crianças só poderiam ter acesso ao ensino através de aulas em casa ou num sistema de teleaulas, uma situação que tinha sido indeferida pelo ex-diretor-geral dos Estabelecimentos Escolares, José Alberto Duarte, e que só agora foi desbloqueada pelo Ministério da Educação.

José Alberto Duarte, afastado há poucos dias do cargo que ocupava por suspeitas de ilegalidades, não terá diferido alguns destes pedidos, o que originou os atrasos no arranque das aulas para este grupo de menores.

Confrontado pelo jornal i, o Ministério da Educação garantiu que “assim que tomou conhecimento destes casos foi dada urgência ao assunto” e reforça ainda que os pais dos alunos já foram contactados para que o processo possa agora começar.

O Ministério sublinha também que as soluções serão avaliadas caso a caso, a fim de perceber quais as “situações em que o apoio terá de ser feito ao domicílio, em regime de ‘teleaula’, ou mesmo nas “instalações do Instituto Português de Oncologia, em Lisboa e no Porto”.

A lei que apoia o ensino nestes casos está atualmente em fase de regulamentação.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
22 Fevereiro
O 26.º Encontro de Pediatria, organizado pela ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra,...
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
15 Março
O III Congresso Internacional de Imagem Médica e Radioterapia realiza-se em Castelo Branco, entre...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.