PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Portugueses querem mais investimento na área do cancro
2015-12-17
Fonte: Lusa

A maioria dos portugueses defende mais investimentos na área do cancro, contudo metade não está disposta a descontar mais para esse efeito, segundo um estudo realizado pela GFK.

A pesquisa mostrou também que, se tivessem que contribuir mais para investimentos na área do cancro, a maior parte dos portugueses preferia que o dinheiro fosse para um “fundo pessoal” e não para ajudar outros. 

Os dados do inquérito mostraram que 84% dos portugueses defendem mais investimento na área oncológica e 74% consideram que as verbas para a oncologia são “insuficientes”.

Quando questionados sobre a possibilidade de descontarem mais para esta área da saúde, metade recusou, alegando que tem “pouco dinheiro disponível” (49%) ou que já desconta muito (41%). 

Apenas um terço admitiu descontar mais para o cancro, mas, destes, só 15% se mostraram “muito disponíveis” para descontos adicionais nesta área de tratamento.

Na eventualidade de terem mesmo que descontar um valor adicional para a oncologia, a maioria defendeu que esse dinheiro deve servir como uma espécie de fundo pessoal, para que o dinheiro seja aplicado no tratamento do próprio doente, na eventualidade de vir a sofrer com a doença.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
22 Fevereiro
O 26.º Encontro de Pediatria, organizado pela ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra,...
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
15 Março
O III Congresso Internacional de Imagem Médica e Radioterapia realiza-se em Castelo Branco, entre...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.