PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Concretizar sonhos aumenta capacidade de crianças doentes enfrentarem problemas
2011-07-21
Fonte: press release

Um estudo da associação Terra dos Sonhos conclui que a concretização dos sonhos, em crianças que sofrem com doenças crónicas, ajuda-as a ter mais confiança no futuro e a serem mais felizes e optimistas, além de as dotar de uma maior capacidade para enfrentar problemas.

O estudo “O Poder de Sonhar” está a ser conduzido pela Terra dos Sonhos, no sentido de determinar qual o verdadeiro impacto emocional, psicológico e sociológico da realização do sonho nas crianças e adolescentes com doenças crónicas e/ou avançadas, um estado clínico que afecta aproximadamente 15% a 20% de indivíduos com menos de 18 anos.

O projecto, conduzido pela psicóloga Joana Ribeiro de Carvalho, e apresentado no passado dia 18, incide especificamente sobre 30 crianças, mas pretende atingir cerca de 100 a 150, bem como os seus familiares. Além dos investigadores envolvidos, o projecto conta com dois consultores científicos, o Professor Gentil Martins e a psicóloga da Universidade de Lisboa, a Professora Helena Marujo.

"O dia de sonho é um dia mágico. Mas acabou por nos indicar que vai muito mais além da emoção presente. É toda a vida a partir daquele dia que ficou completamente transformada. Estamos muito satisfeitos com os resultados preliminares obtidos e esperamos concluir com sucesso o estudo, após o qual queremos iniciar um projecto de intervenção de felicidade – através da implementação de Suporte Psico-Social e Emocional nas crianças com doenças crónicas e/ou avançadas," comentou Joana Ribeiro de Carvalho, da Terra dos Sonhos.

De todas as crianças abrangidas por esta pesquisa, 60% passou a ter mais confiança no futuro, após a realização do seu sonho. Mais de 70% das crianças refere o aumento da aceitação da doença e maior facilidade em enfrentar problemas e 81% dizem que dão mais valor à vida do que antes da realização do sonho.

O projecto conclui deste modo que os factores referidos acabam por ter consequências não só no bem-estar psicológico, mas também físico, já que as crianças acabam por reagir melhor aos tratamentos.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
15 Março
O III Congresso Internacional de Imagem Médica e Radioterapia realiza-se em Castelo Branco, entre...
16 Março
O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro irá organizar, em Coimbra, no dia 16...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.