PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Mutação de gene contribui para progressão de leucemia
2011-07-19
Fonte: Centro de Cancro Memorial Sloan-Kettering

Pesquisadores do Centro de Cancro Memorial Sloan-Kettering e da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, descobriram de que modo uma mutação no gene conhecido como TET2 contribui para o desenvolvimento de algumas leucemias.

Quando uma mutação no TET2 ocorre, o gene melhora a função das células estaminais do sangue na medula óssea, levando-as a renovar-se de forma mais eficiente do que as células-tronco normais de sangue. A alteração observada resulta num maior número de células mutantes do que as células-tronco de sangue normal, uma condição que leva à leucemia.

A descoberta, publicada na revista Cancer Cell, oferece uma visão fundamental sobre a origem do desenvolvimento de diferentes tipos de leucemias.

Os cientistas lembram que agora, depois de ter sido possível provar que a perda da função do gene TET2 “confere uma nova capacidade para essas células-tronco”, será possível investigar se as terapias existentes ou novas terapêuticas podem bloquear o efeito e impedir a formação deste tipo de cancro.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.