PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Novo modelo computacional pode revolucionar tratamentos contra o cancro
2015-08-17
Fonte: press release

Uma pesquisa liderada pela Universidade de Coimbra (UC) levou ao desenvolvimento de um modelo computacional quantitativo que permite acompanhar e prever o crescimento de novos vasos sanguíneos, o que poderá ter várias “implicações para novos tratamentos” contra o cancro.

Rui Travasso, do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC, liderou uma equipa internacional de físicos, engenheiros biomédicos, médicos e biólogos, que simulou e analisou o crescimento de vasos sanguíneos que ocorre durante o desenvolvimento tumoral.

O sistema permitiu observar de que modo “a proliferação das células dos vasos sanguíneos é regulada durante o crescimento vascular” dependendo da tensão mecânica a que está sujeito o novo vaso durante o seu crescimento.

Rui Travasso explica que a sua descoberta é fundamental, pois através de uma compreensão detalhada dos mecanismos que levam ao crescimento dos vasos sanguíneos será possível “controlar o crescimento tumoral”.

A equipa acredita que ao provocar alterações nas propriedades físicas dos tecidos será possível travar o crescimento dos vasos, limitando assim o crescimento de novos tumores.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
15 Março
O III Congresso Internacional de Imagem Médica e Radioterapia realiza-se em Castelo Branco, entre...
16 Março
O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro irá organizar, em Coimbra, no dia 16...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.