PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Astronomia pode ajudar a criar tratamentos menos agressivos contra o cancro
2011-07-11
Fonte: UPI

Astrónomos da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, acreditam que novas informações obtidas com o estudo do universo e estrelas pode ajudar a criar novas terapias contra o cancro.

Cientistas que estudam elementos químicos que emitem e absorvem a radiação no interior das estrelas e em torno de buracos negros estão a trabalhar lado a lado com médicos radioterapeutas, com o intuito de desenvolver novos tratamentos de radiação que permitam um ataque mais eficaz aos tumores, mas mais suave sobre o tecido saudável.

Os astrónomos descobriram que os metais pesados, ​​como o ferro, podem emitir electrões de baixa energia quando expostos a raios-X com energias específicas, descoberta que levanta a possibilidade de implantes feitos a partir de elementos pesados poderem contribuir para tratar tumores com electrões de energia reduzida.

A descoberta pode implicar a criação de novas terapias que utilizem apenas raios-X de baixa frequência, diminuindo a exposição do tecido às radiações.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.