PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Investigadora portuguesa cria pastilha que trata aftas e estimula salivação
2015-02-11
Fonte: press release

A investigadora portuguesa Filipa Cosme Silva foi galardoada com o Prémio Grünenthal/ASTOR 2015, no valor de 2 500 €, pelo seu projeto desenvolvido na criação de uma pastilha inovadora dissolúvel na boca que atua contra a dor de doentes com mucosite oral e outras inflamações bucais, algumas provocadas por tratamentos contra o cancro.

O prémio, atribuído pela Fundação Grünenthal e pela Associação para o Desenvolvimento da Terapia da Dor/ASTOR, distinguiu o trabalho de Filipa Cosme Silva que resultou na criação de uma pastilha que contém o anestésico lidocaína e o antifúngico nistanina, bem como água, gelatina, glicerina e goma-arábica.

O composto, criado no âmbito da sua tese de mestrado na Faculdade de Farmácia de Lisboa, pretende garantir "maior comodidade" aos doentes que sofrem com aftas na boca, dores de dentes, dor associada e outras inflamações, durante um tempo prolongado.

A pastilha estará ainda indicada para estimular a salivação em pacientes que perderam a capacidade de produzir saliva, como é o caso de doentes sujeitos a quimioterapia ou radioterapia para tratar tumores na cabeça ou no pescoço.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
13 Dezembro
No dia 13 de dezembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) organiza a Conferência “Tabagismo e...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.