PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Especialistas defendem orçamento individual para doentes oncológicos
2014-12-09
Fonte: Diário de Notícias

O estudo "Pensar a Saúde, Acesso do Cidadão à inovação Terapêutica – oncologia”, recentemente apresentado em Lisboa, pela Escola Nacional de Saúde Pública, sugere a implementação de um orçamento individual que segue o doente ou a criação de um fundo público que permita financiar o acesso aos medicamentos inovadores e mais caros na área da oncologia.

As medidas visam contribuir para que mais doentes tenham acesso aos melhores tratamentos contra o cancro e são apontadas por um grupo de pesquisa que reuniu 46 especialistas, entre médicos, farmacêuticos, gestores de hospitais e associações de doentes.

Ana Escoval, docente da ENSP e coordenadora do estudo "Pensar a Saúde, Acesso do Cidadão à inovação Terapêutica – oncologia”, defende que, em linhas gerais, “o financiamento deve seguir o doente, a decisão é igual e uniforme para cada doente desde que este cumpra determinados critérios pré-estabelecidos." 
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30
 
 
01 Julho
No dia 1 de julho, a Fundação Rui Osório de Castro (FROC) organiza o seu evento anual de angariação...
22 Setembro
A 22 de setembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) irá organizar um evento onde a realidade...
26 Outubro
De 26 a 29 de outubro, decorrer o 14º Congresso Nacional de Oncologia, sob o tema “Oncologia na Era...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.