PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Equipa da Google estuda sensor para detetar cancro
2014-10-31
Fonte: AFP

Uma equipa da Google está a testar "nanopartículas" a fim de desenvolver um detetor que permita identificar sinais precoces de doenças mortais nos humanos, como o cancro ou a doença cardíaca. 

As nanopartículas testadas nesta pesquisa ainda em fase inicial revelaram capacidade para identificar enzimas ou células cancerígenas na corrente sanguínea que possam ser reportadas a sensores de uso pessoal. 

Os investigadores da Google pretendem criar nanopartículas que possam ser ingeridas sob a forma de comprimido e depois absorvidas na corrente sanguínea para que possam atingir células-alvo como as do cancro.

Os responsáveis já manifestaram interesse em licenciar a tecnologia a empresas interessadas em usá-la para diagnósticos médicos aprovados, a fim de ajudar os médicos a detetar precocemente este tipo de doenças. 
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
15 Março
O III Congresso Internacional de Imagem Médica e Radioterapia realiza-se em Castelo Branco, entre...
16 Março
O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro irá organizar, em Coimbra, no dia 16...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.