PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Fundação Rui Osório de Castro organiza exposição “Art Against Child Cancer – 7 Artistas. 7 Crianças. 1 Causa.”
2014-05-09
Fonte: press release

A Fundação Rui Osório de Castro, instituição de solidariedade social sem fins lucrativos que apoia a oncologia pediátrica nas áreas da informação e da investigação científica, promove a exposição de pintura “Art Against Child Cancer”. 

A exposição será inaugurada no dia 23 de maio na Cidadela Art Discrict, em Cascais, onde permanecerá durante 2 meses de forma a angariar fundos e a sensibilizar para a causa da oncologia pediátrica em Portugal.

A exposição é composta por sete obras de artistas de renome na área da pintura contemporânea, tais como Gonçalo Mar, Mário Belém, Paulo Arraiano, Pedro Zamith, Pedro Amaral, Rita Melo e Sebastião Peixoto, que reinterpretaram pinturas realizadas por sete crianças em tratamento no IPO de Lisboa, sob o mote “Se fosses um inventor, o que inventavas?”. 

O desafio foi lançado às crianças para apelar ao seu lado mais criativo e divertido, sobretudo quando atravessam um período complicado devido à doença, e aos artistas que se inspiraram nas telas das crianças numa perspetiva de arte narrativa. Este estilo artístico assenta num senso de humor específico, desde o mais alegre ao mais sarcástico, sendo atrativo para uma das faixas etárias mais abrangentes do cancro infantil, a infantojuvenil.

Os pequenos artistas criaram pinturas surreais com conceitos interessantes e representativos do modo como encaram a doença e a vida. A Catarina criou o seu Tribunal da Justiça, a Francisca o Carro Voador que permite viajar por muitos Países, a Lídia preferiu criar a sua Máquina da Paciência, o Martim desenhou o Martelo Mágico para curar todos os meninos enquanto que a outra Catarina inventou umas Portas Mágicas com acesso ao seu espetáculo de ballet, a Simaura inventou uma Televisão Transportadora para que pudesse vivenciar tudo o que nela passa e, por fim, o Pedro criou a Máquina de Guloseimas que não precisa de pilhas para funcionar. 

“Desta vez, decidimos apelar à criatividade de sete crianças em tratamento no IPO de Lisboa, proporcionando momentos de distração mas também de bem-estar emocional. São sete pequenos artistas que se aliaram a sete grandes artistas com o objetivo de divulgar a nossa missão. É sempre muito comovente assistir à entrega quer das crianças quer de todos os que de forma tão generosa e gratuita se associam connosco à nossa causa”, realça Karla Osório de Castro, presidente do Conselho de Administração da Fundação.

O projeto, promovido pela Fundação Rui Osório de Castro em parceria com a Pousada de Cascais, Cidadela Art District, contou com a colaboração de Pedro Zamith no Comissariado, Paulo Arraiano e Suzana Carneiro no Design e ainda com o apoio do serviço de pediatria do IPO de Lisboa, Maria Papoila, Noval, Out of the Blue, Science 4you e transportadoras Sonia & Bruno Lda. e Vasp.

Parte das vendas das obras resultantes desta exposição reverterá para a Fundação Rui Osório de Castro, de modo a apoiar os projetos desenvolvidos na área da informação e da Investigação Cientifica, no âmbito da Oncologia Pediátrica.

Para mais informações, clique aqui.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31
 
 
 
02 Setembro
No dia 2 de Setembro, os Barnabés do Núcleo Norte da Acreditar promovem um Sunset Solidário.  
22 Setembro
A 22 de setembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) irá organizar um evento onde a realidade...
28 Setembro
Nos dias 28 e 29 de setembro acontecerá o Congresso Multiprofissional – Hospital de Dona Estefânia...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.