PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Consórcio internacional estuda novos tratamentos para leucemia mieloide aguda
2013-12-09
Fonte: Eurekalert

Daniel Tenen, diretor do Instituto de Ciências do Cancro da Universidade Nacional de Singapura, liderou uma equipa internacional de investigadores que identificou um novo gene como alvo terapêutico em dois estudos distintos sobre a leucemia mieloide aguda (tipo de tumor que afeta o sangue).

Os cientistas analisaram as chamadas mutações CEBPA em subtipos de leucemia mieloide aguda e conseguiram identificar o gene Sox4 como um alvo terapêutico para um tipo de medicamentos de combate ao cancro, conhecidos como inibidores de histona deacetilase (HDAC). 

Os investigadores de diferentes laboratórios em Singapura, Estados Unidos, Áustria, Itália, Holanda, Reino Unido, Suécia e República Checa, descobriram, pela primeira vez, um alvo molecular para as mutações CEBPA e destacam o gene Sox4 como um potencial alvo terapêutico para futuros tratamentos, segundo um artigo publicado na revista científica Cancer.

Num estudo paralelo da mesma equipa, os inibidores de HDAC mostraram capacidade para reativar a expressão de um grupo de genes que não foram adequadamente expressos num subgrupo de amostras de doentes com este tipo de leucemia, o que sugere que estes podem ser usados no tratamento de alguns tipos da doença, segundo as conclusões reportadas na revista Haematologica

"Até agora, as opções terapêuticas para este tipo de leucemia são muito limitadas. Ao compreender as vias oncogénicas e as assinaturas que respondem a inibidores da enzima específicos, será possível construir o nosso conhecimento e entendimento para o desenvolvimento de compostos mais eficientes", sublinha Daniel Tenen.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30
 
 
 
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.