PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Medicina paliativa permite atenuar sofrimento de doentes com cancro avançado
2013-09-02
Fonte: Paraná Online

A medicina paliativa contribui de forma significativa para reduzir o sofrimento e dar mais qualidade de vida aos doentes oncológicos em fase terminal, indicam especialistas. 

Os doentes com cancro avançado devem receber tratamentos específicos e personalizados no âmbito da medicina paliativa, com o objetivo de garantir ao máximo a melhoria do seu estado de saúde, bem como diminuir a dor intensa, a ocorrência de problemas como falta de ar, emagrecimento acentuado, insónia e outros sintomas graves provocados pela patologia, destaca Lilian Hennemann, diretora do Núcleo de Cuidados Paliativos do Hospital Universitário Pedro Ernesto, no Rio de Janeiro, Brasil.

“A medicina paliativa tem como base três importantes pilares, que são a valorização do paciente, a ética profissional e a comunicação” com o doente, explicou a responsável, salientando que os tratamentos devem ter sempre como propósito oferecer ao paciente dignidade e maior qualidade de vida, mesmo em casos terminais de cancro.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
21 Fevereiro
O Fórum Cancro Pediátrico 2018 realiza-se no dia 21 de fevereiro, em Lisboa. A iniciativa é...
22 Fevereiro
O 26.º Encontro de Pediatria, organizado pela ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra,...
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.