PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Especialistas alertam para desafios das crianças com cancro no regresso à escola
2013-08-09
Fonte: Sociedade Americana de Cancro

As crianças vítimas de cancro ou que padecem de outra doença igualmente grave, muitas vezes, são obrigadas a estar demasiado tempo afastadas da sua vida escolar devido aos tratamentos e, quando regressam à escola, enfrentam alguns desafios.

Especialistas da Sociedade Americana de Cancro reforçam que, a fim de minimizar, dentro do possível, este tipo de situações que criam constrangimentos na criança, o regresso à escola deve ser feito, sempre que exista essa possibilidade, num período imediato após o diagnóstico, pois um regresso mais rápido traduzir-se-á numa menor acumulação de trabalhos da escola e permitirá restaurar um senso de normalidade para a criança e toda a família. 

A comunicação é fundamental nestes casos e deve ser assegurada entre a criança, os pais, os educadores e a equipa de saúde, com o objetivo de ajudar a tornar tudo mais tranquilo.

Os clínicos sublinham a importância de perceber, junto da unidade de tratamento, quais os serviços oferecidos, que podem incluir aulas e professores, ou, na escola, a possibilidade de visitas domiciliárias ou aulas virtuais.

Para a escola é ainda muito importante deixar claro os cuidados e as necessidades da criança, algo que deve ser estruturado entre os médicos que acompanham o doente e a equipa de saúde da escola, como os enfermeiros, indicando os medicamentos que a criança terá de tomar e como; dispositivos especiais que possam ser necessários e a melhor forma de os usar; informar sobre que tipos de problemas podem ocorrer e como agir nessas situações; alertar para os medicamentos, tratamentos ou atividades que não poderão ser realizadas e deixar informações de contato de emergência.

Graças a melhores tratamentos e grandes melhorias nas taxas de sobrevivência, os especialistas em cancro pediátrico têm sido capazes de aprender muito sobre os efeitos que os tratamentos têm sobre as crianças, mesmo muitos anos após o fim dos mesmos. Infelizmente, há a consciência de que muitos sobreviventes de cancro infantil enfrentam problemas com a aprendizagem e o desenvolvimento emocional, em diferentes graus de severidade.

As recomendações da Sociedade Americana de Cancro surgem no sentido de que, se a criança aparentar ter um problema de aprendizagem após o fim do tratamento, os pais devem considerar como opção uma consulta com um psicólogo para solicitar um teste que avalie as suas necessidades. Se for esse o caso, a escola pode sugerir a criação de um Plano de Educação Individual adaptado ao seu caso.

A experiência de voltar a reencontrar os amigos também pode revelar-se traumatizante para a criança, que se torna apreensiva sobre o modo como irá ser recebida pelos amigos, especialmente se é notória alguma alteração na sua aparência como, por exemplo, a queda de cabelo. Técnicas para ajudar a restaurar a aparência e a autoimagem da criança durante os tratamentos também melhoram a sua confiança.

Em crianças mais novas e adolescentes é importante que um enfermeiro ou professor expliquem à turma algumas das particularidades do cancro, como o facto de este não ser contagioso. 

Independentemente da idade, os pais devem conversar com a criança sobre a possibilidade de regressar à escola e estar preparada para ser confrontada com questões que os colegas lhe possam colocar. Mantê-la informada e dizer-lhe que os amigos podem não entender muito sobre o problema e fazer algumas questões ou adotarem comportamentos estranhos é um bom começo, preparando-a para as respostas a algumas perguntas típicas como "O que é o cancro?", "Vais morrer?", "Eu posso ter cancro também?" ou "Ainda podes brincar?".
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31
 
 
 
 
 
21 Outubro
No dia 21 de Outubro, a Make-A-Wish organiza a 5ª Edição do Cycle-A-Wish by Night. As...
25 Outubro
Entre os dias 25 e 27 de outubro, a cidade do Porto irá acolher o 18.º Congresso Nacional de...
26 Outubro
De 26 a 29 de outubro, decorre o 14º Congresso Nacional de Oncologia, sob o tema “Oncologia na Era...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.