PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Investigadores da Universidade do Porto testam nanopartículas contra o cancro
2013-07-03
Fonte: P3

Dois investigadores da Universidade do Porto, Manuel Coelho e Sílvia Castro Coelho, estão a testar uma nova terapêutica de combate ao cancro que recorre a nanopartículas de ouro e pode ser menos invasiva e tóxica.
 
A técnica consiste na utilização de partículas de ouro com cerca de 20 nanómetros que são fundidas com "umas moléculas especiais anti-cancro", simplifica Manuel Coelho, explicando que esta junção é, mais tarde, injetada no organismo, a fim de eliminar as células cancerígenas. 

O procedimento, acreditam os cientistas, terá como vantagens reduzir a concentração dos compostos anti-cancro no organismo do doente - o que se traduzirá numa redução significativa de efeitos secundários - e controlar o período de tempo que estes compostos permanecem no organismo, com o objetivo de evitar a "habituação" e a resistência dos tumores e diminuir os efeitos sobre as células saudáveis.

Embora a técnica seja muito promissora, pois “as partículas têm a facilidade de chegarem às células tumorais e entrarem com mais facilidade do que a droga sozinha", explica Manuel Coelho, é necessária cautela, pois a mesma ainda não foi testada em humanos. 
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
13 Dezembro
No dia 13 de dezembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) organiza a Conferência “Tabagismo e...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.