PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Voriconazol e metotrexato podem provocar reações cutâneas graves em crianças com cancro
2013-04-23
Fonte: American Society of Microbiology

Pesquisadores holandeses avaliaram os efeitos de uma terapia combinada de voriconazol e metotrexato concomitante (MTX) para tratar crianças com cancro pediátrico e concluíram que a mesma pode provocar reações cutâneas graves nos doentes.

Num total de 23 pacientes que receberam esta combinação, 11 sofriam de queilite e/ou fotossensibilidade. A fotossensibilidade, por sua vez, foi observada apenas em 1 dos 9 pacientes que receberam voriconazol, mas sem MTX. 

Apesar dos efeitos, o mecanismo de ação que provoca esta reação não foi identificado pelos pesquisadores de várias unidades de saúde na Holanda.

Os investigadores sublinham ainda que foram notificados dois casos de crianças com toxicidades cutâneas graves, motivo pelo qual sublinham que é necessária precaução quando se utiliza voriconazol e MTX concomitante nos tratamentos com crianças com cancro.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
21 Fevereiro
O Fórum Cancro Pediátrico 2018 realiza-se no dia 21 de fevereiro, em Lisboa. A iniciativa é...
22 Fevereiro
O 26.º Encontro de Pediatria, organizado pela ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra,...
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.