PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Ambit mantém esperança em composto para leucemia após fim de acordo com Astellas
2013-03-16
Fonte: X Economy

A farmacêutica Ambit permanece "totalmente comprometida" em avançar com os ensaios de fase II do seu composto anticancerígeno quizartinib, que fazia parte de uma colaboração com a japonesa Astellas. A decisão surgiu depois de esta ter anunciado que iria rescindir a colaboração.

A Ambit está a testar um fármaco para pacientes que sofrem de uma forma particularmente agressiva de leucemia mieloide aguda (tipo de tumor que afeta o sangue) e que tiveram uma recaída. O quizartinib tem como alvo uma mutação que representa cerca de um terço dos pacientes com a doença.

Num comunicado, a Astellas anunciou que iria abandonar a colaboração, mas deixou claro que estaria disponível para acompanhar e transferir as atuais fases de desenvolvimento do quizartinib com a Ambit, antes de 3 de setembro, data em que termina oficialmente a parceria. 

Nessa altura, a Ambit recuperará todos os direitos concedidos à Astellas e manter-se-á com o programa de testes clínicos do quizartinib. 

Os resultados do estudo já foram apresentadas na reunião anual da Sociedade Americana de Hematologia, em dezembro, e revelavam três principais benefícios clínicos do composto, entre uma elevada taxa de resposta como monoterapia em pacientes com recidiva que apresentava a mutação FLT3, um número substancial de pacientes que fez a transição para transplante de medula óssea, e uma melhor sobrevida global em comparação com dados históricos.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30
 
 
 
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.