PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Crianças latinas têm maior risco de sofrer de leucemia
2013-01-05
Fonte: Huffington Post

As crianças latinas apresentam um risco mais elevado de desenvolver leucemia linfoblástica aguda (tipo de tumor que afeta o sangue) em comparação com outros grupos raciais ou étnicos nos Estados Unidos.

Pesquisadores do Hospital de Pesquisa Infantil St. Jude, nos Estados Unidos, concluíram que as crianças hispânicas são mais propensas a serem diagnosticadas com este tipo de leucemia e a morrer da doença.

A mesma pesquisa conclui que mesmo os hispânicos adultos não estão imunes à disparidade de probabilidade de risco de desenvolver leucemia aguda, e no geral, este grupo apresenta um aumento de 46 por cento no risco de morte em comparação com pessoas de outras etnias.

Os fatores de risco para a leucemia linfocítica aguda incluem ainda ter um parente com leucemia, sendo latinos ou caucasianos não-hispânicos, e com Síndrome de Down.

Os pesquisadores sublinham também que as crianças latinas são mais suscetíveis de herdar os genes associados à leucemia aguda e de terem um risco maior de recorrência do cancro.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31
 
 
 
 
25 Janeiro
A próxima reunião científica do Centro de Investigação em Meio Ambiente, Genética e Oncobiologia...
21 Fevereiro
No dia 21 de fevereiro, o Auditório Biblioteca Orlando Ribeiro, em Lisboa, recebe o Fórum Cancro...
22 Fevereiro
O Fórum Cancro Pediátrico 2018 realiza-se no dia 21 de fevereiro, em Lisboa. A iniciativa é...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.