PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Falta de medicamentos obriga a recorrer a substitutos menos eficazes
2012-12-31
Fonte: ABC News

A escassez de medicamentos para tratar alguns tipos de cancro pediátrico obriga os médicos a terem de adotar tratamentos com fármacos substitutos que se revelam menos eficazes, situação que, segundo um grupo de especialistas norte-americanos, tem sido associada a uma maior taxa de recaída entre crianças, adolescentes e jovens adultos com linfoma de Hodgkin.

Num artigo publicado no New England Journal of Medicine, médicos do Hospital de Pesquisa Pediátrica St. Jude, juntamente com colegas do Instituto Oncológico Dana-Farber e do Hospital Infantil Lucile Packard, nos Estados Unidos, destacam como a escassez de medicamentos e a necessidade de recorrer a outros menos eficazes tem sido associada a um maior taxa de recaída entre crianças, adolescentes e jovens adultos com este tipo de tumor.

As conclusões surgem baseadas nos resultados de um estudo que avaliou 40 pacientes que receberam a terapia padrão e outros que receberam um medicamento semelhante, naquele que se assume como o primeiro relatório randomizado para comparar as diferenças entre os resultados de dois medicamentos indicados para o mesmo tipo de cancro pediátrico.

As conclusões indicam que a pesquisa apenas confirma o que os médicos suspeitavam há anos, de que a troca de um composto por um outro, mesmo quando os dois são semelhantes, nem sempre é a opção mais indicada.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30
 
 
 
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.