PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Investigadores do Porto vencem 2º Prémio ACS-Merck Serono
2011-04-11
Fonte: press release

Cientistas do Instituto de Investigação de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP) foram distinguidos com o 2º Prémio Alto Comissariado da Saúde - Merck Serono pela investigação “Irradiação por Tinea Capitis e Risco de Cancro”.

Paula Boaventura, Dina Pereira, Paula Soares e José Teixeira Gomes são os quatro autores do trabalho vencedor, que receberão um galardão no valor de 70 mil euros.

“Desde Março de 2006 que investigamos a doença Tinea capitis, vulgarmente conhecida por Tinha. O estudo teve como objectivo avaliar a prevalência de patologia tumoral na zona da cabeça e pescoço, numa amostra de portugueses irradiados na infância para tratamento da Tinea capitis”, explicou Paula Boaventura, investigadora principal.

A cientista lembra que a doença “atingiu um padrão epidémico nas décadas de 50 e 60 em Portugal e, como na altura não havia um tratamento específico, colocava-se uma pomada à base de sais de enxofre, alternando com a aplicação de tintura de iodo. Como o cabelo dificultava o tratamento, diminuindo a adesão à sua execução continuada, era provocada a epilação do couro cabeludo com a utilização de raios-X”.

Vários estudos mostram o risco que estes indivíduos apresentam de virem a desenvolver neoplasias na zona da cabeça e pescoço.

Isabel Costa, responsável médica pela área de oncologia da Merck Serono, refere que “este prémio valoriza a pesquisa epidemiológica nacional na área do cancro. A epidemiologia é de extrema importância para o estudo da etiologia do cancro e também para identificar e desenvolver melhores tratamentos”.

“Em Portugal fazem-se muito poucos estudos epidemiológicos. A epidemiologia é de extrema relevância para o avanço da medicina, pois permite-nos conhecer os fenómenos de saúde e seus factores determinantes nas populações humanas”, referiu também Ricardo da Luz, Presidente da Sociedade Portuguesa de Oncologia.

O Prémio ACS-Merck Serono, no valor de 70 mil euros, tem como principal objectivo incentivar a investigação, contribuindo para o avanço do conhecimento científico na área da oncologia.


 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
13 Dezembro
No dia 13 de dezembro, a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) organiza a Conferência “Tabagismo e...
banner
© 2017PIPOP - Todos os direitos reservados.