PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Gene responsável por tipo de cancro de pele infantil identificado
2012-08-27
Fonte: Understanding Animal Research

Um gene essencial para o desenvolvimento de uma forma rara de cancro da pele em crianças foi identificado.

Os pesquisadores descobriram que inibindo a atividade do gene SOX10 foi possível impedir a formação de tumores em ratinhos, pelo que acreditam que este poderá tornar-se um alvo para futuras terapias anti-cancro.

Lesões de cor escura podem surgir na pele de alguns bebés no momento do nascimento e muitas vezes estas geram mais tarde o desenvolvimento do melanoma, o cancro de pele mais agressivo. Os cientistas mediram a atividade de genes em biópsias de tumores retirados de pacientes e descobriram que o gene SOX10 estava invulgarmente ativo e consistente nas amostras.

O gene é conhecido por atuar durante o desenvolvimento embrionário de células estaminais dando origem a novos tecidos, incluindo a pele, no entanto a sua atividade é desligada após a formação do tecido.

A pesquisa descobriu agora que nestes casos de cancro de pele em crianças, o SOX10 permanece ativo nestas lesões cutâneas congénitas, permitindo que continuem a crescer.
 
A incidência destas lesões é de 1 em cada 20 000 recém-nascidos e a descoberta do papel deste gene como responsável pode ajudar os cientistas na procura de novas formas de o inativar para evitar que estas lesões possam culminar em cancro.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.