PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Tratamento combinado não melhora sobrevida de crianças com glioma
2012-08-01
Fonte: HemoOnc Today

Um tratamento combinado de medicamentos tioguanina, procarbazina, lomustina e vincristina não aumentou a sobrevivência de crianças com gliomas (tipo de tumor que afeta o cérebro), em comparação com as terapias que combinam apenas os compostos carboplatina e vincristina.

Os resultados surgem de um estudo que avaliou um grupo de crianças com gliomas com idade até aos 10 anos e que sugere que não há diferenças estatisticamente significativas entre os dois grupos tratados com terapêuticas distintas.

Os pesquisadores identificaram a idade da criança e o tamanho do tumor como preditores independentes de pior sobrevida livre de eventos, ou seja, crianças com idade inferior a 1 ano apresentavam 3,4 vezes maior risco de progressão, em comparação com as que tinham 5 anos ou mais.

Por outro lado, as crianças que tinham tumores de menores dimensões eram 0,65 vezes menos propensas a ter uma recaída.

Apesar dos resultados negativos do estudo, os pesquisadores sugerem a possibilidade de explorar a estratificação adicional dos pacientes por marcadores biológicos.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.