PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro


Riscos de transplante de medula reduzidos com anticorpos de coelho
2012-07-14
Fonte: Eurekalert

Cientistas norte-americanos fizeram uma descoberta fundamental na área da transplantação, que assenta no recurso de anticorpos derivados de coelhos para melhorar a qualidade de vida e os resultados de casos de recaída de leucemia e mielodisplasia de doentes sujeitos a um transplante de células-tronco de um dador não familiar.

A pesquisa da Universidade Commonwealth Virginia conclui que o uso de anticorpos de coelhos em doentes que integraram um Programa de Transplante de Medula pode traduzir-se num avanço significativo no que diz respeito à melhoria da qualidade de vida e “ao aumento da sobrevivência de pacientes que sofrem com algum tipo de tumor no sangue."

Os autores do estudo Centro Oncológico Massey daquela universidade explicam, num artigo publicado na revista Bone Marrow Transplantation, que a descoberta agora anunciada traduz-se claramente numa melhoria dos resultados em transplantes de células-tronco com “dadores não relacionados”.
 
Notícias relacionadas


voltar
STQQSSD
 
 
 
 
 
 
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
 
 
 
 
 
 
26 Abril
A 25.ª edição do Porto Cancer Meeting está agendada para os dias 26 e 27 de abril, subordinada ao...
09 Maio
De 9 a 11 de maio, realizam-se as XIX Jornadas de Pediatria de Évora, subordinadas ao tema...
10 Maio
O 3.º Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Investigação em Cancro (ASPIC) realiza-se...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.