PT
Pesquisa
Um projecto da Fundação Rui Osório de Castro
 
   
Na Escola

Quando a criança não está com neutropenia pode continuar a ir à escola, desde que sejam garantidos os devidos cuidados de higiene e evitado o contacto com pessoas doentes, mesmo que seja uma simples gripe. O cuidado redobrado deve ser tomado também em relação ao contágio da varicela. Se a criança já tiver voltado à escola, os professores devem ser alertados para a ocorrência de casos de varicela ou sarampo noutras crianças. 

Apesar de ser previsível que a criança não fique o tempo integral na escola por estar mais debilitada, é importante que continue a ir ao estabelecimento de ensino para não perder o contacto com os amigos e com o ambiente de estudo.

Nos períodos em que a criança não puder frequentar a escola, os pais devem encontrar uma alternativa que garanta que ela não abandona totalmente o meio escolar. Nestes casos, poderão ser realizados contactos frequentes com a escola para que seja encontrada uma solução que poderá passar pelo deslocamento de um docente a casa para apoio nos estudos, ou a participação nas aulas através de vídeo-conferência.



voltar
STQQSSD
 
 
 
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28
 
 
 
 
22 Fevereiro
O 26.º Encontro de Pediatria, organizado pela ASIC - Associação de Saúde Infantil de Coimbra,...
24 Fevereiro
O 4.º Seminário de Oncologia Pediátrica, organizado pela Fundação Rui Osório de Castro, realiza-se...
15 Março
O III Congresso Internacional de Imagem Médica e Radioterapia realiza-se em Castelo Branco, entre...
banner
© 2018PIPOP - Todos os direitos reservados.